sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Prefeituras de Caucaia e Fortaleza traçam estratégias para, unidas, combaterem o mosquito transmissor da Dengue.


No dia 27 de janeiro de 2011, o IMAC participou de uma reunião na Secretaria Executiva Regional V - SER com o intuito de colaborar com os trabalhos de combate ao mosquito Aedes Aegipyti. Essa reunião contou com a presença de servidores das Regionais I, III e V além de servidores de Caucaia lotados na Secretaria Municipal de Saúde, IMAC, Assessoria de Comunicação e Autarquia Municipal de Patrimonio e Serviços Públicos - AMPSP.

Serão realizados trabalhos emergenciais no período de 28 de fevereiro a 4 de março de 2011 no território compreendido pelos bairros que fazem fronteira entre Caucaia e Fortaleza onde esta presente o Rio Maranguapinho. Os trabalhos compreendem: Remoção de lixo em terrenos baldios, educação em saúde, educação ambiental, blitz educativas e visitas aos domicilios do referido território.Com a realização dessas ações, será aperfeiçoado o planejamento estratégico contendo ações continuadas a serem executadas por ambos os municípios ao longo do ano.

No dia 01 de fevereiro a equipe do município de Caucaia se reunirá na Secretaria Municipal de Saúde para traçar suas ações conjuntas de combate ao mosquito transmissor da Dengue; destacando-se o trabalho de educação ambiental com as escolas situadas no território e suas respectivas comunidades.

Fonte: http://imacambiente.blogspot.com/

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

CAMPANHA POR UMA INFÂNCIA SEM RACISMO

video

Seria possível uma infância sem racismo?

Seria possível termos todas as crianças de até 1 ano de idade sobrevivendo?

Seria possível um Brasil com todas as crianças – sem faltar nenhuma delas – tendo seu nome de família assegurado no registro civil de nascimento?

Seria possível termos todas as crianças – sem faltar nenhuma delas – com acesso a educação integral?

Seria possível termos todas as crianças livres dos efeitos da discriminação racial?

Depende de nós!

A discriminação racial persiste no cotidiano das crianças brasileiras e se reflete nos números da desigualdade entre negros, indígenas e brancos.

Com a campanha Por uma infância sem racismo, o Selo UNICEF e seus parceiros fazem um alerta à sociedade sobre os impactos do racismo na infância e adolescência e a necessidade de uma mobilização social que assegure o respeito e a igualdade étnico-racial desde a infância.

Baseada na ideia de ação em rede, a campanha convida governo, secretarias e pessoas a garantir direitos de cada criança e de cada adolescente de Caucaia e de nosso Brasil.

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

PROJETO BRINCAR É PRECISO LEVA ESPORTE, CULTURA E LAZER À CRIANÇAS E ADOLESCENTES DA REGIÃO BR 020 E 222



A Comissão Pró-Selo UNICEF e a Secretaria Municipal de Educação de Caucaia promovem no mês de janeiro de 2011 o PROJETO BRINCAR É PRECISO que beneficiará mais de 600 crianças e adolescentes da Região BR-020 E 222.

As comunidades atendidas estão divididas em 04 (quatro) grandes grupos, onde 01 (uma) escola sedia as atividades e acolhe as demais comunidades. Cada um desses núcleos tem atividades do Projeto uma vez por semana, em um dia fixo, totalizando 04 (quatro) atendimentos mensais

As atividades acontecem no turno da tarde, de 14:00 às 17:00h, com atividades temáticas que abordam os 03 (três) temas do UNICEF que analisam a qualidade de projetos escolares e comunitários : 1-Convivência com o Semi-árido; 2- Arte, Cultura e Comunicação para a Diversidade étnico-racial; e 3- Esporte e Cidadania.

Para a execução das atividades, o projeto conta com a participação dos professores e monitores dos Projetos Criança que Brinca Cresce Feliz e PCL - Praça, Cultura e Lazer, estudantes de Guiné-Bissau, técnicos do IMAC e da ONG ARCA – Associação Recreativa e Esportiva para Crianças e Adolescente.